Parece que na missão infinita da Amazon de te fazer comprar mais coisas, o essencial é facilitar a entrega.

Tudo começou no ano passado, quando lançaram a Amazon Key, um programa que permite que o entregador da companhia destranque a porta da sua casa e deixe os pacotes lá dentro. Agora, o serviço está expandindo para carros – você pode deixar que alguém deixe suas compras direto no seu porta-malas.

• A Amazon vai literalmente abrir a porta dos clientes com seu novo serviço de entrega
• Agora você pode comprar produtos dos EUA na Amazon e recebê-los em casa sem segredo

A partir desta semana, os membros do Amazon Prime que possuem os últimos modelos de carros da GM ou Volvo (veículos a partir de 2015), terão o luxo de fazer compras e recebê-las direto no carro.

Ao contrário da versão da Amazon Key para casas, não será necessário nenhum equipamento especial. O pessoal de entrega da companhia conseguirá utilizar a tecnologia incorporada no carro para destrancá-lo remotamente.

No entanto, como o serviço ainda está em fase de testes, há uma série de coisas que não estão redondas. Além de funcionar em apenas carros novos da GM ou Volvo, é preciso ter o serviço OnStar ou Volvo on Call ativos.

Tem mais: qualquer pacote entregue no carro não deve pesar mais do que 22 quilos, ser maior que 66 x 53 x 40 cm, nem custar mais do que US$ 1.300. Há mais restrições: vale apenas para as entregas realizadas pela própria Amazon (não vale lojas terceirizadas, nem entregas que exigem assinaturas prévias). Eita nóis!

Não acabou por aqui: depois de adicionar o seu carro e a descrição dele no aplicativo do Amazon Key, é preciso se assegurar que o carro estará estacionado em um determinado raio de proximidade de sua casa ou do seu endereço de trabalho. Como aponta o Verge – que teve acesso a uma demonstração dessa modalidade de entrega – estacionamentos, garagens, calçadas e vagas na rua estão dentro das opções aceitáveis de entrega. No entanto, não está claro até onde os entregadores da Amazon vão se aventurar dentro de propriedades para entregar as encomendas.

O processo de pedido para entrega no carro é bem parecida com o sistema do Amazon Prime Now. O cliente adiciona coisas no carrinho e seleciona o carro como endereço de entrega. A Amazon deve enviar uma notificação avisando que o pacote deverá ser entregue dentro de uma janela de quatro horas, enquanto o entregador receberá uma localização GPS do seu veículo, a placa e uma foto de como o veículo é. Uma vez que o carro for localizado, o entregador poderá destrancá-lo ao enviar uma requisição criptografada para a fabricante do veículo, que está trabalhando com a Amazon para facilitar todo esse processo.

No lançamento, a GM afirma que mais de 7 milhões de veículos incluindo as marcas Cadillac, Chevy, Buick e GMC funcionarão com o Amazon Key. Ao contrário do Amazon Key para casas, não há custos, uma vez que não é preciso instalar câmeras ou equipamentos.

Dito isso, embora seja bacana ver a Amazon expandir suas opções de entrega, é difícil de imaginar esse serviço sendo útil para além de algumas poucas situações. Mas talvez eu esteja errado.

[The Verge]

Imagem: Amazon