Após meses de provocações e vazamentos, sabemos muito sobre o Pixel 4. Mas o Pixel 4 não é a única coisa que esperamos ver no evento Made By Google na terça-feira, 15 de outubro, às 10h (ET).

Graças ao Google ter absorvido a marca Nest no início deste ano, a empresa parece pronta para anunciar uma nova onda de produtos domésticos inteligentes, incluindo o Google Nest Mini e o Google Nest Wifi. Os vazamentos também sugerem que a companhia planeja lançar uma continuação do seu principal Chromebook, o Pixelbook, lançado em 2017.

E, como todas as outras grandes empresas de tecnologia deste ano, parece que o Google pode entrar no verdadeiro jogo de fones de ouvido sem fio com o Pixel Buds 2. Além disso, mesmo com todos os vazamentos e rumores, o Google geralmente também consegue ter algumas surpresas de última hora. Aqui está tudo que nós esperamos ver no Made by Google 2019, mas não se surpreenda se houver um pouco mais.

Pixel 4 Hardware

No início do verão nos EUA, o Google divulgou uma imagem oficial do Pixel 4, que revelou uma série de novos recursos, incluindo a presença de câmeras traseiras duplas (algo inédito para um telefone Pixel) e a falta de um leitor de impressão digital traseiro, o que implica que o Pixel 4 apresentará um sensor de dedo na tela de algum tipo semelhante ao de aparelhos como o Galaxy S10 e o OnePlus 7 Pro.

Então, um mês e meio depois, o Google foi ainda mais longe ao lançar um vídeo promocional que mostrava o Pixel 4 usando reconhecimento facial para desbloquear o telefone, além de exibir os controles de gesto do Motion 4 do Pixel 4, que usa pequenos chips de radar para rastrear o movimento de suas mãos para fazer coisas como pular músicas, adiar alarmes e silenciar chamadas telefônicas.

Quanto ao interior do Pixel 4, de acordo com uma lista de especificações vazada obtida pelo 9to5Google, ele terá uma tela full HD+ de 5,7 polegadas para o Pixel 4 padrão e uma tela QHD+ de 6,3 polegadas para o Pixel 4 XL, com os dois modelos apresentando displays com taxas de atualização de 90Hz para suavidade extra.

Ambos os modelos também vêm com um processador Qualcomm Snapdragon 855 e algo que o Google está chamando de Pixel Neural Core, que quase certamente ajudará em tarefas relacionadas à IA e machine learning. O Pixel 4 e o Pixel 4 XL também apresentam 6 GB de RAM, 64 GB ou 128 GB de armazenamento, alto-falantes estéreo e uma porta USB-C. Esta folha de especificações vazada também lista as câmeras traseiras do Pixel 4 como tendo um sensor principal de 12 MP e um sensor de 16 MP para sua câmera telefoto 2x.

No geral, essas especificações são certeiras, mas não exatamente impressionantes. Embora os telefones Pixel anteriores não tenham sido comprovados antes, você não precisa de toneladas de RAM ou telas gigantes para fazer um bom telefone.

Recursos da câmera do Pixel 4

Uma coisa que é ainda mais importante que os componentes do Pixel 4 é seu software, principalmente quando se trata da câmera do Pixel. Os modos de câmera anteriores do Google, como Visão Noturna, Super Res Zoom e o modo Timelapse, demonstraram o potencial da fotografia computacional e, com o Pixel 4, o Google parece ter ainda mais truques de câmera.

Com base em uma fonte que falou com o 9to5Google, o Pixel 4 terá um novo Modo de Movimento projetado para ajudar as pessoas a capturar objetos em movimento rápido, garantindo que a imagem fique nítida e focada.

Em seguida, analisando o novo código na versão 6.3 do aplicativo Google Camera, um membro da comunidade do XDA Developers descobriu pistas que apontam para modos como Live HDR (para vídeos mais brilhantes e coloridos), Audio Zoom (que permite ao telefone ajustar o isolamento de ruído com base no que você amplia) e um modo selfie aprimorado que usa um novo algoritmo para corrigir distorções da lente wide-angle.

O modo Visão Noturna também parece estar obtendo algumas melhorias gerais de velocidade e qualidade e talvez até a capacidade de fazer astrofotografia graças a um novo modo que ajudará a “tirar fotos do céu estrelado”.

Google Nest Mini e Google Nest Wifi

Faz dois anos desde que o Google Home Mini foi lançado, e com a família de dispositivos Nest sendo incorporada à linha de dispositivos do Google, o Google agora parece estar usando esse evento para atualizar alguns de seus produtos domésticos inteligentes mais importantes.

A única porta no Google Home Mini existente é uma tomada de energia; portanto, uma nova entrada de 3,5 mm seria uma boa adição. Foto: Adam Clark Estes (Gizmodo)

Para o novo Google Nest Mini, uma fonte que falou com o 9to5Google afirma que, embora o novo dispositivo tenha uma forma e tamanho semelhantes ao Home Mini atual, ele receberá algumas atualizações, incluindo um conector de 3,5 mm embutido, melhores alto-falantes com bass mais profundo, algum tipo de montagem na parede e novos sensores de proximidade. Mas, no final, o principal objetivo do Nest Mini ainda será servir como uma maneira barata e fácil de ativar a pesquisa por voz e comandos por meio do Assistente do Google.

Enquanto isso, o Nest Wifi terá um novo design com “beacons” que ajudam a adicionar alcance à sua rede Wi-Fi, além de também funcionarem como alto-falantes do Google Assistant. Adicionar a integração do Google Assistant permitirá que os usuários façam coisas como suspender o serviço da Internet em salas específicas usando comandos de voz. Ele também deve suportar o Wifi 6, que oferece melhor latência, largura de banda e velocidades sem fio mais rápidas.

Pixelbook Go

Com o Google jurando fabricar tablets no início deste ano, o Pixelbook Go parece ser um laptop Chrome OS mais tradicional, com um design em concha. Foi visto pela primeira vez em julho sob o codinome “Atlas”, antes que mais detalhes vazassem no início deste mês. Com o nome sugerindo um foco claro na portabilidade, o Pixelbook Go parece ser um dispositivo bastante simples, com uma tela de 13,3 polegadas (com opções de resolução de 1080 ou 4K), 8 GB ou 16 GB de RAM, até 256 GB de armazenamento e um intervalo dos processadores Intel m3, i5 e i7.

O Pixelbook Go também possui alto-falantes estéreo poderosos, mas a coisa mais interessante sobre o Pixelbook pode acabar sendo o fundo ondulado, que apenas nesta semana, foi mostrado pelo 9to5Google, que conseguiu obter uma amostra de pré-produção em funcionamento do próximo laptop do Google .

Pixel Buds 2

Por fim, embora muito pouco tenha sido divulgado sobre o Pixel Buds 2, muitos rumores dizem que o Google está se preparando para anunciar um modelo de segunda geração do Pixel Buds original. Como tudo o que o Google faz, esperamos que o Pixel Buds 2 contenha integração com o Google Assistant, além de uma versão aprimorada do recurso de conversão ao vivo do modelo anterior. Só esperamos que o Pixel Buds 2 não tenha um fio entre os dois fones de ouvido, pois isso essencialmente desvalorizaria o dispositivo agora que SamsungAmazon e Microsoft se juntaram à Apple, Jabra e outras com sua própria versão dos verdadeiros fones de ouvido sem fio.

OK, e o que mais?

Sempre há uma chance do Google anunciar suporte expandido para o Duplex ou algo maluco como uma versão do Google Clips. Mas se você estava esperando para ver o Pixel Watch há muito tempo, as coisas são muito mais incertas. No começo, parecia que não havia chance de um Pixel Watch estar pronto neste outono, mas recentemente, um relatório da Nikkei Asian Review afirma que o Google poderia exibir uma versão 5G do Pixel 4 e do Pixel Watch no lançamento de seu próximo produto.

De qualquer forma, o Gizmodo estará presente no próximo evento do Google, portanto, fique de olho no site na terça-feira para obter mais informações oficiais e as primeiras impressões do Made By Google 2019.