Embora o surto de coronavírus tenha forçado o Google a cancelar sua conferência I/O 2020, isso não significa que a companhia não esteja trabalhando em novos produtos. Aparentemente, a empresa planeja lançar um Chromecast Ultra com Android TV.

As últimas informações sobre o próximo acessório de TV do Google vem do 9to5 Google, que conversou com uma fonte confiável sobre um dispositivo de codinome “Sabrina”. Em termos de design, esse produto deve ter um corpo arredondado bastante similar ao atual Chromecast Ultra. O diferencial é que ele seria capaz de transmitir vídeos em 4K HDR, além de ter conexão Bluetooth, Wi-Fi e todas as outras funcionalidades do Chromecast.

No entanto, em vez de ter a interface de usuário padrão do Chromecast, o dispositivo Sabrina deve rodar o Android TV. Isso significa que os usuários poderão ter acesso completo a mais de 5.000 aplicativos para o Android TV que estão disponíveis hoje, incluindo aqueles de grandes serviços de streaming como Netflix, Disney+, Globo Play, entre outros.

Se os rumores estiverem certos, esse aparelho seria o primeiro dispositivo Android TV feito pelo próprio Google (sem considerar protótipos e kits de desenvolvimento). Seria também uma grande mudança para a estratégia do Android TV, que até agora se vale bastante de parcerias e de terceiros para criar hardware baseado na plataforma, como o Nvidia Shield TV e o Xiaomi Mi Box S 4K.

Nos Estados Unidos, algumas operadoras de TV a cabo começaram a enviar dispositivos com Android TV para os clientes. A ideia é combinar o acessório para streaming e o aparelho convencional da TV a cabo. Usando o Android TV, as operadoras têm menos custos para criar e gerenciar interfaces de usuários e sistemas operacionais (que geralmente são péssimos, para ser franco), além de oferecer aos usuários um produto mais fácil de se usar.

Outra mudança importante para o próximo dispositivo de streaming do Google é que, segundo a fonte consultada, ele virá com seu próprio controle remoto que possui um microfone embutido para ativar o Google Assistente, e que será possível programá-lo para funcionar diretamente com os televisores.

Ainda não há informações sobre o preço e a disponibilidade, mas a fonte disse que o próximo aparelho Android TV do Google foi concebido para preencher uma lacuna no mercado, ao mesmo tempo que serve como “um acessório de consumo de massa que funciona com uma Android TV completa.”

Isso significa que provavelmente teremos um dispositivo com preço entre os atuais dispositivos Chromecast (que custam, no máximo, US$ 70 no Ultra) e set-top-boxes como o Nvidia Shield TV que são vendidos a partir de US$ 150.