Circularam muitos rumores sobre o Galaxy S6, e agora ele se tornou oficial, trazendo um novo design, uma tela incrível e um desempenho respeitável no sistema e na câmera. Há também algumas notícias tristes, como a ausência de uma bateria removível e de suporte a cartões microSD. Vamos por partes.

>>> [Hands-on] Samsung Galaxy S6 Edge: as bordas do smartphone ficaram mais úteis

A tela mais incrível que meus olhos já viram

O Galaxy S6 tem uma tela AMOLED com 2560 x 1440 pixels, mas em apenas 5,1 polegadas. Isso significa uma densidade de 577 pixels por polegada. Este é o menor smartphone com uma tela nessa resolução. Tudo fica incrivelmente nítido.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Quando o representante da Samsung me disse que a resolução era 2560 x 1440, eu acabei soltando um riso alto. Foi completamente involuntário, mas ele não ficou nada satisfeito. Eu não pude me conter, por achar que isso era um exagero, e levaria um gasto desnecessário de bateria.

Para que tantos pixels? Duas palavras: realidade virtual.

Assim como o Galaxy Note 4, o Galaxy S6 também terá um headset Gear VR opcional. Você insere o smartphone, prende-o em sua cabeça, e lentes de aumento especiais levarão você a um mundo virtual. Ele tem basicamente o mesmo design do Gear VR atual, mas é feito para acomodar um smartphone menor. Claro, 2560 x 1440 pixels podem ser um exagero a olho nu, mas a resolução extra vem a calhar quando você dá zoom. Além disso, a Samsung precisa vender telas de alguma forma.

O design parece uma mistura de iPhone 4 com iPhone 6

A Samsung não copiou totalmente a Apple aqui: você consegue facilmente diferenciar o Galaxy S6 de um iPhone, mas há algumas semelhanças. Primeiro, a Samsung colocou um painel de vidro na traseira, dando adeus àquela capa de plástico removível com textura de band-aid. O vidro é Gorilla Glass 4, que promete não trincar se você o derrubar em concreto ou asfalto.

Claro, o iPhone 4 popularizou essa ideia de vidro na frente e atrás, mas outros smartphones – como o Sony Xperia Z3 – também seguiram essa ideia, e não são cópias da Apple.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Agora olhe para a parte de baixo, na borda de alumínio. É difícil não ver o iPhone 6 no smartphone mais recente da Samsung, especialmente ao vir combinada com os cortes de plástico para a antena.

Mas o Galaxy S6 tem seus próprios encantos. Por um lado, as bordas são notavelmente diferentes. No S6, as laterais são mais planas, em vez de manterem um design redondo como no iPhone 6. Por isso, ele é mais fácil de segurar, e não é escorregadio.

O leitor de digitais não requer que você deslize o dedo: basta tocar nele, e você desbloqueia a tela ou autoriza pagamentos via Samsung Pay. E apesar de ser feito de vidro e metal, o S6 é alguns milímetros mais fino e mais estreito que o Galaxy S5, e alguns gramas mais leve.

Eis algumas fotos de comparação entre o Galaxy S6 e o Galaxy S5:

OLYMPUS DIGITAL CAMERA OLYMPUS DIGITAL CAMERA OLYMPUS DIGITAL CAMERA

A morte do TouchWiz foi exagerada

Rumores diziam que a Samsung deixaria de lado o bloatware horrendo que se tornou sinônimo de sua interface de usuário TouchWiz. Estávamos esperando que ele se tornasse realidade, pelo menos em parte.

Mas foi quase. A Samsung reduziu a lista antes interminável ​​de apps pré-instalados e botões: há apenas dois aplicativos pré-carregados da Samsung, o S Voice e S Health. Mas não dá para dizer que ele seja próximo ao Android padrão, como você pode ver no vídeo abaixo.

Houve também um boato de que veríamos uma enorme adoção de apps da Microsoft no Galaxy S6. Não é o caso: a Samsung vai oferecer dois anos de armazenamento no OneDrive para todos os novos donos do S6, e também vai pré-instalar o OneNote e Skype, mas eles não vão substituir os serviços do Google – serão apenas extras.

Ao ligar o S6, você se depara com uma interface bem semelhante a smartphones Galaxy anteriores, com um toque de Android Lollipop por cima. Meu breve hands-on foi bem agradável: o aparelho é incrivelmente rápido, com transições suaves, e me impressionou geral em geral – mas é TouchWiz.

As especificações de hardware estão fora de controle

Como seria de esperar de um aparelho top de linha, este smartphone não economiza em hardware. Além da tela Quad HD, temos 3 GB de RAM e um processador Samsung Exynos de oito núcleos, digno de competir com o Snapdragon 810.

Benchmarks preliminares mostram que eles têm desempenho bem próximo; e eu testei o LG G Flex 2, um dos primeiros smartphones com Snapdragon 810, que parece tão veloz quanto o S6.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

A câmera traseira tem 16 megapixels e estabilização óptica de imagem; o sensor frontal tem 5MP. A câmera também possui HDR automático e equilíbrio de branco por infravermelho, usando o sensor IR do monitor de frequência cardíaca para testar os níveis de infravermelho ao redor. Bacana!

O app da Samsung para a câmera é muito rápido: pressione o botão Home duas vezes, e ela abre em apenas 0,7 segundo; o obturador também é muito rápido. A Samsung também criou um recurso que mantém um objeto constantemente em foco, não importa para onde ele se mova. Este GIF dá uma ideia de como isso funciona:

Samsung Galaxy S6 - camera

O S6 vem com uma bateria de 2.550 mAh, longe dos monstruosos 3.900 mAh encontrado no Moto Maxx, ou até mesmo dos 2.800 mAh no Galaxy S5. A Samsung não mencionou a duração esperada de bateria, mas este poderia ser um potencial calcanhar de Aquiles.

A bateria pode ser carregada a 50% em trinta minutos, e tem carregamento sem fio embutido nos padrões Qi e PMA. Talvez você precise usar esses carregadores com bastante frequência.

É o fim das baterias removíveis e armazenamento expansível

E quando essa bateria acabar de vez, você não poderá substituí-la facilmente. O painel de vidro na traseira significa que você não poderá retirar a bateria, nem adicionar um cartão microSD. Está ouvindo? Esse é o som de fãs da Samsung xingando em voz alta.

A Samsung diz que vai oferecer gratuitamente uma assinatura do OneDrive por dois anos para amenizar a situação. Eles também estão tentando minimizar o problema do armazenamento expansível: a Samsung diz que a maioria dos proprietários de smartphones usa apenas 20 GB de espaço, muitas vezes não sabe como usar a memória expansível de forma eficaz, e que o armazenamento interno é muito mais rápido. Por isso, haverá três versões do S6: 32 GB, 64 GB e 128 GB.

O Galaxy S6 será lançado mundialmente a partir de 10 de abril – a data para o Brasil será divulgada posteriormente – nas cores branco, preto, platina/dourado e azul. O preço ainda não foi revelado.

No ano passado, a Samsung lançou o Galaxy S5 em abril por R$ 2.599. É de se esperar que o preço do Galaxy S6 seja maior, dada a alta do dólar. Será que o veremos por R$ 2.899?

OLYMPUS DIGITAL CAMERA OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Atualizado às 17h09