Texto publicado originalmente em 10 de dezembro de 2019 e atualizado com a disponibilidade do computador.

A Apple começou a vender o novo Mac Pro no Brasil nesta quarta-feira (19). O computador para profissionais começa em US$ 5.999 na gringa e sua versão mais parruda sai por US$ 52.599. Essa potência toda chega ao Brasil também com preços surreais: R$ 55.999 o modelo básico, e R$ 439.200 a versão monstruosa. Quase meio milhão de reais num computador.

No site oficial da Apple, já é possível ver os dois modelos (rack e torre) e fazer as customizações para deixar o computador do jeito que você quer — ou do jeito que você sonha.

O modelo que custa R$ 55.999 já é uma baita máquina, com exceção do armazenamento. Vem com processador Intel Xeon W de 8 núcleos de 3,5 GHz, 32 GB de RAM, placa de vídeo Radeon Pro 580X e 256 GB de armazenamento SSD. São inclusos ainda o Magic Mouse 2 e o teclado da Apple – quase um brinde. A versão rack tem preço inicial de R$ 59.999.

Já a versão de R$ 428.799 tem processador Intel Xeon W de 28 núcleos de 2,5 GHz, 1,5 TB de RAM — suficientes para abrir 6 mil abas do Chrome ao mesmo tempo –, duas placas de vídeo Radeon Pro Vega II Duo e 4 TB de armazenamento SSD. Por esse preço você leva ainda o Apple Afterburner, uma placa aceleradora “capaz de reproduzir três streams de vídeo 8K ProRes RAW ao mesmo tempo”. Tem que muito, mas muito profissa para comprar uma máquina dessas.

O item que mais encarece a máquina se você incluir a configuração máxima é a RAM – 1,5 TB sai por R$ 200.000 adicionais. Já o item mais “barato” em sua opção mais parruda é o SSD, R$ 11.200 pelos 4 TB.