Este ano, a Motorola resolveu lançar diversas variantes de seus smartphones. O Moto X se dividiu nos modelos Play, Style e Force; e o Moto G agora tem uma edição Turbo mais cara.

Há poucas diferenças em relação ao Moto G de terceira geração, incluindo um processador mais rápido e proteção contra poeira.

O Moto G Turbo tem processador Snapdragon 615 de oito núcleos (o mesmo do Moto X Play), em vez do Snapdragon 410 quad-core. Além disso, ele conta com proteção IP67 contra água e poeira; o Moto G deste ano tem apenas proteção IPX7 contra água.

Moto G Turbo (2)

Além disso, o Moto G Turbo agora tem suporte a carregamento rápido de bateria, e vem acompanhado por um carregador TurboPower 15 que promete “horas de uso com apenas alguns minutos na tomada”. A bateria continua com 2.470 mAh, no entanto.

O restante é basicamente igual: tela LCD de 5 polegadas com resolução HD, 2 GB de RAM, 16 GB de armazenamento interno (expansível via microSD), e câmeras de 13 megapixels e 5 MP. Há entrada para dois chips e suporte a 4G.

O Moto G Turbo custa R$ 1.299. Ele já chegou a quiosques da Motorola, e estará disponível esta semana na loja online da Motorola – onde poderá ser personalizado via Moto Maker – e nas principais redes de varejo.

Moto G Turbo (3)

A principal vantagem do Moto G sempre foi o custo-benefício, algo que mudou este ano. Enquanto empresas como Asus, Xiaomi e Quantum (da Positivo) apostam em preços mais baixos, a Motorola deixa seus aparelhos mais caros.

Por exemplo, a terceira geração do Moto G foi lançada por R$ 849, e já custa a partir de R$ 999 no site da Motorola. Escolha um modelo com 16 GB de armazenamento, e você rompe a barreira dos mil reais.

Agora temos uma versão ainda mais cara, e que não se destaca em relação ao Moto X Play – que tem bateria bem maior, câmera de 21 megapixels e custa apenas R$ 100 a mais.

Quando a Lenovo comprou a Motorola, nós nos perguntamos se ela continuaria sendo ótima sem o Google. Com a proliferação de diferentes smartphones Moto, e com preços mais altos para a divisão móvel da Lenovo sair do prejuízo, estamos obtendo pouco a pouco a resposta.

[Motorola via Tecnoblog]