A categoria de relógios inteligentes não tem lá muitas fabricantes tarimbadas no mundo da tecnologia. A gente tem a Samsung e a Apple, que vendem relógios inteligentes há um tempão por aqui, e a Huawei, que reestreou no Brasil no ano passado com a linha de smartwatches GT e trouxe o GT2 agora no início do ano.

Comercializado no Brasil a partir do fim de janeiro, o Watch GT2 é para quem curte o estilo clássico de relógios esportivos, que não precisa ficar carregando a bateria toda hora e com uma série de sensores úteis para quem pratica atividade física — como GPS, batimento cardíaco, barômetro e bússola, além de itens importantes para saúde como monitor de sono e medidor de SpO2, que ficou famoso nos últimos tempos por fornecer a variação estimada de oxigênio no sangue, um dos fatores medidos em triagens de hospital para saber se uma pessoa com COVID-19 deve receber maiores cuidados médicos ou não.

Abaixo, um resumo da minha longa experiência com o Huawei Watch GT2.

Configurando

Como estava usando um iPhone, resolvi parear o relógio com o aparelho da Apple. Para minha surpresa, foi bem tranquilo. Bastou instalar o Huawei Health, disponível na App Store, criar uma conta da Huawei e, na sequência, selecionar o modelo que se quer parear, e o sistema vai cuidando do restante.

Huawei Watch GT2
Smartwatch Huawei Watch GT2
O que é?
Smartwatch da Huawei com sensores como medidor de batimento cardíaco e SpO2 (saturação de oxigênio).
Preço
R$ 1.699 de 46 mm (preço sugerido) e R$ 1.499  de 42 mm (preço sugerido)
Curti
Bateria de longa duração, design, controle fácil de notificações
Não curti
Experiência diferente no Android e no iOS; apenas no Android, ele tem medidor de estresse

A situação dá uma leve complicada para quem tem smartphone Android que não é da Huawei, pois não há uma versão atualizada do Huawei Health no Google Play. Você até vai achar um app lá, instalá-lo e ele dirá que não funciona. A solução é baixar a App Gallery, a loja de aplicativos da Huawei.

Então, você deverá baixar um arquivo APK do site da Huawei, permitir a instalação de apps de fora do Google Play e rodar o programa, que disponibilizará a bendita versão atualizada do Huawei Health, além de outros apps da plataforma.

Confesso que baixar apps fora da loja do Google não é muito legal, mas é a opção que a Huawei dá — muito provavelmente isso deve ter alguma coisa a ver com a briga entre China e EUA. De qualquer jeito, a empresa poderia se comunicar melhor nesse sentido e deixar claro que o comprador deverá fazer esta operação, que deve ser pouco comum para a maioria das pessoas.

Depois tive a oportunidade de parear o relógio em um smartphone Android (mais especificamente o Huawei Nova 5t) e a experiência é outra. Para começar, o visual do app é bem mais bonito, e o relógio tem também a função de medir estresse (ele se baseia no monitoramento cardíaco) e conta com uma forma fácil de copiar arquivos de música para o vestível (tem um item Música em que você simplesmente pode mover arquivos com extensão MP3 para o relógio).

De qualquer jeito, o teste foi feito em sua maioria com um iPhone, onde as principais funções do smartwatch funcionam tranquilamente.

Usando

O Watch GT2 tem duas versões, sendo uma com caixa de 42 mm e outra de 46 mm. Para este teste, utilizei a de 46 mm Sport, porém você consegue achar no mercado uma versão LTE vendido pela operadora Vivo.

Smarwatch Huawei Watch GT2
Huawei Watch GT2. Crédito: Guilherme Tagiaroli/Gizmodo Brasil

Ele é um smartwatch com pinta de relógio esportivo mesmo, mas bem leve (sem pulseira pesa 41 gramas). A pulseira é de fluorelastômero preta, que é um material que lembra borracha.

A caixa do relógio em si conta com uma tela de 1,39 polegadas sensível ao toque com dois botões na lateral. Um deles abre rapidamente as opções de treino (corrida ao ar livre, natação, ciclismo), enquanto o outro dá acesso a outras funções, como configurações, cronômetro, notificações, etc.

Medidor de batimento cardíaco do relógio Huawei Watch GT2Crédito: Guilherme Tagiaroli/Gizmodo Brasil

A navegação pelo relógio é baseada em deslizes laterais pela tela para checar previsão do tempo, acessar o medidor de batimento cardíaco (que aliás funciona continuamente) e o Registro de Atividades (um painel com quantidade de passos dados, horas de atividade física e outros fatores). Há ainda a possibilidade de deslizar de cima para baixo, para acessar funções rápidas como configurações/alarme/ativar o Não Perturbe, e segurar um tempo o dedo na tela inicial, que permite trocar a face do relógio.

Huawei Watch GT2Dashboard mostra indicadores de atividade física. Crédito: Guilherme Tagiaroli/Gizmodo Brasil

Algo interessante da interface do app Huawei Health é que ele é bem fácil de se usar. Digo isso, pois ele resolve um problema que já tive com outros relógios: controlar as notificações que o smartwatch recebe do smartphone.

Basta você tocar no relógio pareado no Huawei Health e logo de cara tem um item “Notificações”. Você pode tirar todas as notificações ou manter só o que for importante. No caso, só tinha deixado notificações do Twitter, o que fazia o relógio tremer levemente quando havia algum tipo de interação.

Telas do app Huawei HealthInterface do app Huawei Health no iOS

Penso que graças a esse tipo de configuração somado ao hardware do relógio, ele consegue sobreviver tranquilamente 7 dias longe do carregador, ainda que a marca diga que ele possa chegar a até duas semanas.

No meu caso, usava o relógio a todo momento com monitoramento cardíaco ativo e praticava pelo menos uma hora de exercício físico por dia, geralmente uma caminhada em que eu usava o GPS para medir ritmo e registrar o trajeto. Como disse, recebia poucas notificações. Fora os alertas do Twitter, usava o relógio como despertador, para checar hora e para lembretes durante o expediente para me movimentar um pouco.

Uma semana de uso ininterrupto é uma baita autonomia. Nem Apple Watch ou relógios da Samsung chegam a esse tempo todo longe do carregador.

Falando em exercício físico, o relógio é bem independente. Digo isso, pois ele conta já com várias modalidades de atividade para medir e, no caso de ciclismo e corrida/caminhada, ele ativa o GPS para que você analisar posteriormente o trajeto. Mesmo assim, ele já mostra algumas observações na telinha do relógio, como ritmo da corrida, quilometragem, um gráfico com batimentos cardíacos, entre outras coisas.

Capturas de tela do app Huawei HealthHuawei Health mostra trajeto, ritmo, média de passos e até desempenho do treino

Minha única reclamação sobre o GPS é que às vezes ele levava um tempo para pegar as informações atualizadas do satélite. Além disso, quando ia fazer atividade física e o nível da bateria estava baixo (perto de 10%), o GPS ficava louco. Eu andava todos os dias cerca de 6,2 km. Em um dos dias o relógio registrou 9 km, sendo que o trajeto sempre era praticamente o mesmo. Foi a única grande discrepância que eu vi no meu tempo de uso.

Durante as atividades físicas monitoradas, ele tem uma espécie de “velocímetro” que, baseado em sua frequência cardíaca, diz se você está no queimando gordura, se está fazendo um exercício aeróbico, anaeróbico ou se é uma atividade extrema.

Baseado nesses registros, o app Huawei Health consegue medir o desempenho, dizendo se seu treino é de recuperação, manutenção, melhoria ou alavancagem de aptidão aeróbica. Lógico, é sempre importante consultar um educador físico, mas esses indicadores podem dar uma pista sobre sua evolução. Sem contar que ele sugere um tempo de recuperação analisando o esforço durante a atividade.

Para medir o sono, a Huawei diz que usa um sistema próprio chamado TruSleep. Na verdade, são uma série de indicadores que mostram quanto tempo você esteve em sono profundo, sono leve ou sono REM. No Huawei Health, você consegue ter um bom relatório do seu sono, além de levar puxões de orelha como “você não dormiu o suficiente nesta semana e acordou em horários irregulares”. Pelo menos não é um alerta passivo-agressivo. Ele só lhe informa se você buscar a informação no app.

Informações de sensor de sono do app Huawei HealthDados de sono coletados pelo smartwartch da Huawei

Por fim e não menos importante, durante o uso do relógio, ele recebeu uma atualização que fez com que ele passasse a medir Sp02, ou a saturação de oxigênio.

De forma resumida, ele mede a quantidade de oxigênio no sangue e isso passou a ser relevante nesses tempos de pandemia, pois o COVID-19 costuma afetar os pulmões, causando falta de ar. No entanto, nem sempre é um sintoma que faz você ofegar de uma hora para outra, é um processo lento.

Então, medir o SpO2 pode dar uma ideia se uma pessoa está ok ou não. Igual ou maior a 90% significa que a saturação de oxigênio está boa, abaixo disso, após repetidas medições, pode ser um indício de que a pessoa precisa procurar um médico.

Huawei Health no AndroidInterface do Huawei Health (ou simplesmente Saúde) no Android tem mais detalhes

Óbvio que aqui estamos falando de um relógio com um monte de sensores, então a precisão dele pode não ser tão eficaz quanto um oxímetro de hospital. De qualquer jeito, como já disse, se várias medições indicarem uma baixa oxigenação, vale buscar algum tipo de ajuda.

Conclusão

O Huawei Watch GT2 é um smartwatch casual bonito para quem gosta de medir o nível de atividade física. Ele não tem função de eletrocardiograma, como o Apple Watch mais recente (cuja função ainda passa por regulamentação de atividades locais) e o Galaxy Watch Active 2, mas conta com os principais sensores disponíveis em relógios além de uma ótima autonomia de bateria.

A versão de 46 mm é encontrada no varejo por R$ 1.299 (preço sugerido na estreia no Brasil era R$ 1.699), o que parece ser um preço bem ok comparado com opções de concorrentes — o Apple Watch Series 5 tem preço sugerido de R$ 3.500, enquanto o Galaxy Watch Active 2 é encontrado por R$ 2.700.

Ainda que ele tenha vantagem de funcionar tanto em Android como no iOS, no ecossistema da Apple o relógio acaba tendo menos opções, como inserir música no relógio ou utilizar o medidor de estresse. Porém, o principal, que é medir atividade física, funciona bem tranquilamente.

Se você quer ser mais ativo fisicamente e contar com um acessório estiloso, é uma boa opção. Agora, se sua grana for curta, as pulseiras inteligentes são sempre uma alternativa, pois combinam a função de relógio com análise de sono e contador de passos.

Huawei Watch GT2 46mm
Smartwatch Huawei GT2, 46mm, Latona - Preto
R$899
O Gizmodo Brasil pode ganhar comissão sobre as vendas. Os preços são obtidos automaticamente por meio de uma API e podem estar defasados em relação à Amazon.