Os dispositivos do tipo “Chromebook” estão conquistando cada vez mais o mercado de computadores portáteis. Com as pessoas mais acostumadas a utilizar aplicativos na versão mobile, esses aparelhos estão encontrando espaço cativo no mercado, ficando entre os tablets e os notebooks tradicionais.

É claro, um notebook possui um melhor desempenho e conta com mais funcionalidades, mas você realmente precisa de tudo isso? Por mais que muita gente ainda esteja acostumada a utilizar o Windows ou o Mac, os sistemas desenvolvidos para dispositivos móveis já evoluíram o suficiente para atender a maioria das demandas do dia a dia de um usuário médio.

Por isso, se você está em dúvida em comprar um Chromebook, consulte o nosso guia abaixo.

Afinal, o que é um Chromebook?

Os Chromebooks são dispositivos muito parecidos com os notebooks, com a simples diferença que eles não rodam sistemas operacionais tradicionais, como Windows ou macOS. Em vez disso, eles usam o Chrome OS, um sistema baseado em Linux e desenvolvido pelo Google. Vem daí o nome “Chromebook”.

O sistema foi pensado para funcionar a partir de um navegador de internet e executar aplicativos em nuvem, em sua maioria, da suíte do próprio Google, como o Docs ou Sheets, por exemplo. Mesmo que o Chrome OS não tenha mudado tanto desde o seu lançamento, em 2009, o fato é que muita coisa pode ser feita com um navegador hoje em dia.

A grosso modo, o Chromebook pode ser visto como uma espécie de tablet Android com um teclado físico e trackpad. Vale lembrar que, até mesmo com tablets modernos, já é possível executar várias tarefas do dia a dia, sejam elas da faculdade ou do trabalho.

Além disso, o dispositivo conta com armazenamento interno limitado, já que a ideia é que os usuários também salvem os arquivos na nuvem. Como o Chrome OS é leve, os Chromebooks não precisam de um hardware potente, o que significa que eles são mais leves, portáteis e baratos do que um notebook tradicional.

Chromebook tem a vantagem de ser mais leve, menor e mais barato do que o notebook tradicional. Imagem: Unsplash/Reprodução

Prós e contras do Chromebook

  • Ideal para tarefas simples: os Chromebooks são ideais para adolescentes, estudantes universitários ou para quem trabalha em home office e não precisa de grande poder de processamento. Com o aparelho, é possível fazer tarefas simples, como navegar na internet, redigir documentos e abrir planilhas leves, assim como participar de videochamadas.
  • Boa autonomia de bateria: geralmente, o produto tem uma duração de bateria superior aos notebooks e com preços semelhantes. Até mesmo os Chromebooks mais baratos possuem uma autonomia melhor do que muitos notebooks, podendo variar entre 7 e 13 horas de uso.
  • Roda jogos do Android: para quem curte games, o Chrome OS tem suporte aos aplicativos e jogos do Android, o que é uma boa notícia. Porém –já entrando nos pontos contras–, não espere que ele rode de forma fluída e otimizada aqueles games mais complexos e pesados.
  • Não edita fotos e vídeos pesados: o dispositivo não é recomendado para profissionais do audiovisual, que precisam fazer edições de imagens ou vídeos. Aqui, o foco é entregar um produto mais portátil e que executa tarefas corriqueiras e que não demandam grande processamento.
  • Não é possível instalar programas: Vale ressaltar que essas máquinas foram otimizadas para executar aplicativos do Google ou que estão disponíveis na Play Store. Ou seja, não será possível instalar no Chromebook softwares de terceiros que estejam fora do ecossistema do Google. Felizmente, existe uma ampla variedade de aplicativos disponíveis, incluindo, por exemplo, os programas da Microsoft Office otimizados para o Android.
  • Dependem de conectividade: Os Chromebooks precisam de uma conexão com a internet para funcionar. Por isso, você não conseguirá utilizá-lo se estiver longe de uma rede Wi-Fi.

É muito mais barato que um note normal?

Por não conter Windows e outros programas proprietários e ter menos espaço de armazenamento, normalmente os Chromebooks são mais baratos do que os notebooks. Além disso, esses aparelhos tendem a ter telas pequenas, variando entre 11 e 13 polegadas, o que ajuda a prolongar a bateria e baratear ainda mais.

Por exemplo, um notebook da Samsung, que possui um processador Dual Core, 4GB de RAM, 500GB de armazenamento, sistema Windows 11 e tela de 15,6 polegadas, é vendido atualmente na Amazon por cerca de R$ 3.200.

Já um Chromebook, também da Samsung, que é Dual Core e com 4GB de RAM, mas com tela de 11,6 polegadas, armazenamento de 32GB e rodando o Chrome OS, é vendido na faixa de R$ 2.400, podendo ser encontrado em oferta na mesma loja por R$ 1.900.

Portanto, se o usuário usa o notebook apenas para tarefas simples, não precisa utilizar algum software proprietário que não está disponível no Android ou não se importa com uma tela menor, o Chromebook é o melhor custo-benefício.

Exemplos de Chromebooks

Aqui, listamos três exemplos de Chromebooks disponíveis no mercado brasileiro, com diferentes faixas de preços.

Chromebook Lenovo 100E

Aparelho da Lenovo é leve e tem preço de até R$ 2.000. Imagem: Amazon/Divulgação

O aparelho da Lenovo está na lista dos Chromebooks mais baratos encontrados no varejo, com preço de até R$ 2.000. Ele é um Intel Celeron, com 4GB de RAM e 32 GB de armazenamento. A tela é de 11,6 polegadas, possui conectividades Wi-fi e bluetooth, além de leitor de cartões micro SD.

Onde comprar?

Veja a oferta na loja da Amazon.

Acer Chromebook

Aparelho conversível agrada tanto usuários de notebooks quanto de tablets. Imagem: Amazon/Divulgação

Para quem está na dúvida entre um tablet ou um Chromebook, o dispositivo da Acer pode ser a solução. A tela do Chromebook é conversível, podendo ser utilizada tanto na posição tradicional de um notebook; ou virar totalmente o teclado para ele ser usado como um tablet (com uma tela de 11,6”). Ele roda com um Intel Celeron, 4GB de RAM e 32GB de armazenamento.

Onde comprar?

Veja a oferta na loja da Amazon.

Samsung Galaxy Chromebook 2

Chromebook de alto desempenho da Samsung, mas, por enquanto, só por importação. Imagem: Amazon/Divulgação

A marca “Galaxy”, da Samsung, também está no mercado de aparelhos com Chorme OS. Para quem teme um baixo desempenho, o Galaxy Chromebook 2 possui um Intel Core i3, 16GB de RAM, 128GB de armazenamento e tela de 13,3 polegadas. Infelizmente, o modelo ainda não é vendido oficialmente no Brasil, mas pode ser importado pela Amazon.

Onde comprar?

Veja a oferta na loja da Amazon.