Um novo rumor sugere que a Apple estaria trabalhando em atualizações tanto para os AirPods clássicos, que atualmente estão em sua segunda geração, quanto para os AirPods Pro, que ganhariam agora sua segunda versão.

De acordo com Mark Gurman, que tem um histórico confiável de vazamentos sobre a Apple, os AirPods de terceira geração copiariam alguns recursos de design dos atuais AirPods Pro. Ou seja, ele teria uma haste mais curta e pontinhas substituíveis. A Apple também está supostamente trabalhando para melhorar a duração da bateria. Contudo, funções mais avançadas, como o cancelamento ativo de ruído, não devem chegar aos fones básicos.

Já na versão Pro, a Apple deve adotar um novo design e remover completamente a haste vertical. Em seu lugar, a Bloomberg diz que seria uma “forma mais arredondada que preenche mais a orelha do usuário” e que se assemelha aos fones de ouvido recentes da Samsung, Amazon e Google.

Gurman também observa que AirPods Pro mais compactos e sem hastes podem não acontecer, já que a Apple está tendo dificuldade para encaixar todos os componentes para cancelamento de ruído, antenas sem fio e microfones em um formato menor. Tanto os AirPods de terceira geração quanto os AirPods Pro de segunda geração também podem ter “novos chips sem fio” — possivelmente o mesmo U1 usado no Apple Watch Series 6 e no iPhone 11.

Quanto aos rumores dos AirPods Studio, que deve mesmo ser fones de ouvido intra-auriculares, a Bloomberg não divulgou nada além do que já vem sendo falado. Apesar das especulações de que poderíamos vê-los no evento do iPhone 12 no início deste mês, os fones de ouvido não foram revelados.

Jon Prosser, outro vazador que às vezes acerta sobre boatos envolvendo a Apple, afirmou no início deste mês que os AirPods Studio encontraram um obstáculo na fabricação, algo que o relatório de Gurman parece reforçar. Aparentemente, a Apple teve alguns problemas de produção com a haste que vai em cima da cabeça, que era “muito apertada em alguns testes”. A Bloomberg observa que isso significa que o produto final pode acabar sem a faixa de cabeça modular e sem os controles por toque, mas ainda podem contar com almofadas intercambiáveis.

Só lembrando que, no início de outubro, a Apple removeu de sua loja todos os fones de ouvido que não eram AirPods ou parte de sua linha de produtos Beats — uma possível indicação de que algo novo está a caminho. Há uma boa chance dos supostos AirPods Studio fazerem sua estreia em novembro, quando a Apple deve anunciar os primeiros computadores equipados com ARM.

Sobre um possível lançamento, há rumores de que os AirPods de terceira geração começam a ser vendidos no primeiro semestre de 2021. Não está claro se este também é o cronograma para os novos AirPods Pro, especialmente se houver problemas na fabricação do dispositivo.

De qualquer forma, parece que os gadgets vestíveis, incluindo fones de ouvido, já respondem por uma parte significativa nos resultados financeiros da Apple. A Bloomberg observa que a divisão de Vestíveis, Casa e Acessórios — que inclui os AirPods — gerou sozinha US$ 6,5 bilhões em receita durante o último trimestre, um aumento de 70% em relação ao mesmo período em 2018.

Além dos rumores quanto aos AirPods, Gurman destaca que a Apple estaria cogitando lançar um HomePod intermediário que se encaixa em algum lugar entre o recém-anunciado HomePod Mini de US$ 100 e o HomePod regular. Isso seria interessante, já que a Apple trouxe algumas novas atualizações de software de home theater para o HomePod maior, incluindo suporte para Dolby Atmos através da Apple TV, bem como áudio de 5.1 e 7.1 canais.