A Uber anunciou mais uma iniciativa para ajudar motoristas e entregadores que trabalham para a empresa a se proteger do novo coronavírus. A companhia criou um centro de higienização em São Paulo para desinfetar carros e mochilas. Além disso, o local distribui kits de proteção e higiene e instala proteções de acrílico no interior dos veículos.

O centro de higienização fica próximo à Avenida Paulista, em São Paulo. Para evitar filas e aglomerações, ele só atende com hora marcada — é possível agendar o serviço neste link.

O processo de desinfecção é feito com o uso de uma névoa de quaternário de amônia e peróxido de hidrogênio, chamada Peroxy 4D. Segundo a empresa, o processo leva dez minutos em carros e menos de três minutos em mochilas.

Placa que carros higienizados da Uber receberão. Crédito: Uber
Placa que carros higienizados da Uber receberão. Crédito: Uber

Além do serviço, a Uber também vai distribuir kits com máscara, luvas e desinfetante à base de amônia para conservar a limpeza do veículo. “A utilização de um método de desinfecção como esse promove uma proteção prolongada, especialmente em bancos e teto, devendo ocorrer reaplicações nos assentos após cada viagem, prolongando o efeito protetor”, diz Jean Gorinchteyn, médico infectologista do Instituto Emílio Ribas e do Hospital Israelita Albert Einstein, em comunicado da Uber.

A Uber já vinha oferecendo reembolso do valor gasto por motoristas na compra de materiais de proteção. “Mas tempos excepcionais exigem medidas extraordinárias, e percebemos que era preciso ir além do que já vínhamos oferecendo”, diz Claudia Woods, diretora-geral da companhia no Brasil.

No centro de higienização, motoristas também poderão comprar e instalar no interior do veículo uma proteção de PET para separar o banco de trás dos bancos da frente e diminuir o contato com os passageiros.

A Uber não é a primeira empresa a oferecer este tipo de serviço a seus motoristas. A 99 também criou centros de desinfecção de veículos, que usa o mesmo tipo de produto na limpeza, no aeroporto de Guarulhos, no shopping Metrô Santa Cruz e no Aeroporto de Congonhas, este último para taxistas. Em comunicado, a 99 disse que já desinfectou 70 mil carros em 18 cidades brasileiras.

Esta é mais uma iniciativa da Uber para tentar diminuir a disseminação do novo coronavírus. A empresa já exige que motoristas tirem uma selfie usando máscara para começar a aceitar viagens. O uso do item de proteção também é obrigatório para passageiros.

Centro de higienização da Uber em São Paulo

Rua Luis Coelho, 371 — Consolação — São Paulo/SP
Funcionamento a partir de 2 de junho, das 8h às 18h
Atendimento somente com hora marcada — agende pelo link