A Microsoft surpreendeu a todos quando anunciou o Surface Duo no ano passado. Após meses de desenvolvimento, a companhia está pronta para lançar o produto. Depois de saber mais sobre ele, sinto que o Surface Duo é muito mais do que apenas um gadget com duas telas ou até mesmo o primeiro celular Android da Microsoft. O aparelho parece ter criado um ramo totalmente novo e animador na evolução dos smartphones.

Mas primeiro, vamos tirar os detalhes importantes do caminho. O Surface Duo estará disponível em pré-venda a partir de hoje nos EUA por US$ 1.400 (R$ 7.600, na cotação atual), com seu lançamento oficial previsto para 10 de setembro. Isso é muito dinheiro, especialmente em um momento em que as pessoas estão em grande parte isoladas em casa.

Durante a coletiva de imprensa virtual, o diretor de produtos da Microsoft, Panos Panay, deu bastante ênfase à nova direção ousada que a companhia está tomando, descrevendo o lançamento como uma grande aposta que nenhuma outra empresa conseguiria realmente fazer. “O Surface Duo representa a Microsoft que você ama, com o Android que você conhece”, disse ele.

E mesmo assim, essa afirmação não se sustenta tanto. Se você olhar para os smartphones atuais, o design deles se tornou bastante padrão. Geralmente há uma tela razoavelmente grande na frente, junto com uma câmara para selfie, algum tipo de sistema de segurança biométrica (reconhecimento facial, um sensor de impressões digitais, ou ambos), alguns botões nos lados, uma porta USB-C e um monte de câmeras atrás. É uma equação bastante padrão.

Porém, os smartphones com duas telas estão chegando e ocupando um espaço interessante.

Ao olharmos para o futuro, em um canto temos dispositivos com telas dobráveis, melhor exemplificados pelo Mate X e Mate XS da Huawei, o novo Razr da Motorola e o Galaxy Fold, Galaxy Z Flip e o Galaxy Z Fold 2 da Samsung.

No outro lado do campo, temos dispositivos de duas tela, como o ZTE Axon M, um monte de celulares da LG e em breve o Surface Duo, que parece levar o conceito de um aparelho de tela dupla a um nível totalmente novo.

Para começar, ao contrário dos lançamentos recentes da LG, o Surface Duo foi projetado desde o início com duas telas OLED que combinadas medem 8 polegadas na diagonal, em vez de simplesmente contar com acessórios adicionais. Combinando isso com o que a Microsoft está chamando de sua menor e mais inovadora dobradiça de 360 graus, o Surface Duo tem o potencial de transformar e se ajustar a uma ampla gama de situações.

Você pode abri-la e encaixá-la em uma mão para uma experiência de completa com duas telas, pode girar a tela ao redor para ter uma sensação mais tradicional ou colocá-la sobre uma mesa como uma tenda. Honestamente, o Surface Duo tem mais em comum com os 2-em-1 do que com os aparelhos convencionais tradicionais.


Uma das coisas mais impressionantes sobre o Surface Duo é como a Microsoft suporta os modos de tela única e tela dupla para vários apps. Gif: Microsoft

Ainda mais importante do que isso é a forma como a Microsoft otimizou os aplicativos para funcionarem na tela do Surface Duo, que oferece um tipo especial de desempenho que vai além das formas tradicionais de avaliar gadgets, como benchmarks e tempos de carregamento de aplicativos.

Por exemplo, se você tem algo como o Twitter aberto em uma tela enquanto a outra não é utilizada, você pode clicar em um link no app do Twitter e o Surface Duo saberá que deve abrir esse link na outra tela para maximizar totalmente as capacidades do aparelho.

É muito parecido com a diferença entre usar dois monitores conectados ao seu desktop em casa ou usar uma tela única. O aparelho irá oferecer uma experiência multitarefa que não está realmente disponível em outros smartphones.

Se pensarmos sobre multitarefas em smartphones, vamos perceber que é algo bem difícil. Porque normalmente abrir um aplicativo deixa todo o resto para trás, no plano de fundo – com exceção dos modos picture-in-picture do YouTube e outros apps de vídeo. Mas com o Surface Duo, poderemos olhar para várias coisas ao mesmo tempo.

Detalhe da dobradiça do Microsoft Surface DuoCrédito: Microsoft

Além disso, a Microsoft otimizou todos os seus aplicativos próprios como o OneNote, Outlook e outros para suportar tanto uma visualização em tela única, quanto um modo aprimorado que abrange ambas as telas. Assim, em uma tela você pode ver sua caixa de entrada, enquanto na outra você pode compor um e-mail, tudo no mesmo aplicativo.

Alguns desenvolvedores de aplicativos como Amazon e Spotify também aproveitaram a nova API da Microsoft. Ao utilizar o aplicativo Kindle, por exemplo, você terá uma visão que se parece um livro físico, incluindo a capacidade de virar uma página simplesmente passando o dedo através da tela.

É este nível de otimização que deve separar o Surface Duo de outros smartphones de tela dupla, e até mesmo produtos como o Galaxy Fold, que tem muito potencial, mas precisa de melhor otimização e integração para capitalizar totalmente sua tela futurista.

A Microsoft também criou o que ela chama de App Combos, que são atalhos que permitem abrir dois aplicativos simultaneamente com um único toque. Portanto, se você quiser abrir seu e-mail e calendário para planejar melhor sua semana, ou Twitter e Instagram e ficar em dia com tudo nas redes sociais, você pode.

Junto com um botão de bloqueio e de volume, o Surface Duo também tem um leitor de impressões digitais na lateralJunto com um botão de bloqueio e de volume, o Surface Duo também tem um leitor de impressões digitais na lateral. Imagem: Microsoft

E de acordo com sua missão de proporcionar essa experiência familiar com o Windows, a Microsoft adicionou recursos como uma barra de tarefas ao longo da parte inferior, ícones quadrados e integração profunda com o aplicativo Your Phone, que permite que o Surface Duo compartilhe sua tela com um PC Windows, transfira arquivos e muito mais.

Mesmo o design do Duo parece uma melhoria em relação aos dispositivos Surfaces anteriores. A Microsoft afirma que o aparelho tem espessura de apenas 4,8 mm, mantendo um exterior limpo e minimalista.

Quando perguntado por que a Microsoft optou por telas duplas em vez de uma tela dobrável, o técnico da Microsoft, Steven Bathiche, disse que a escolha teve três pontos principais: a durabilidade do vidro real, oferecer um design completo de 360 graus e a capacidade de incluir suporte a caneta stylus – todas as coisas que os smartphones dobráveis ainda não entregaram.


A forma como o Surface Duo pode copiar e colar de um aplicativo para outro é bem bacana. Gif: Microsoft

Comparado a todos os outros celulares de tela dupla que vieram antes, o Surface Duo parece o único que está totalmente comprometido em oferecer uma experiência de tela múltipla completa.

Dito isso, ainda há alguns aspectos esquisitos sobre o Duo. Primeiro, devido a suas dobradiças e ao posicionamento de sua câmera solitária de 11 megapixels, o Surface Duo tem bordas enormes. É uma pena porque se tivéssemos uma melhor relação tela/corpo, o Duo seria uma criação ainda mais atraente.

Além disso, quando comparado a outros smartphones super-premium, ter apenas uma câmera (o que exige desdobrar totalmente o aparelho se quiser fotografar algo) e um alto-falante mono é um pouco decepcionante. Especialmente considerando que ele custa US$ 1.400. É o mesmo preço que um Galaxy S20 Ultra, que tem áudio estéreo e quatro câmeras traseiras, incluindo uma câmera com zoom óptico 10x.

Junto com um adaptador de energia e um cabo, o Surface Duo também virá com uma capinha na caixaJunto com um adaptador de energia e um cabo, o Surface Duo também virá com uma capinha na caixa. Foto: Microsoft

E embora as especificações do Surface Duo sejam respeitáveis, com um processador Qualcomm Snapdragon 855, 6GB de RAM e 128GB de armazenamento, elas não são inovadoras. E não se preocupe em procurar uma entrada para fones de ouvido, pois o Surface Duo não tem uma.

Ainda assim, o Surface Duo tem algo que falta em muitos outros gadgets: visão. Parece um aparelho que foi projetado com uma missão em vez de simplesmente ser uma demonstração tecnológica. É uma visão que pode se transformar em uma realidade muito atraente.

O Surface Duo será compatível com as redes da AT&T, T-Mobile e Verizon, e estará disponível para pré-compra a partir de hoje pelas lojas da Microsoft, AT&T e Best Buy nos EUA, com envio a partir de 10 de setembro.