Você já está cansado de todos esses rumores sobre o Galaxy S11? Porque tem mais um aqui antes de o ano acabar. Esta é uma suposta primeira imagem da configuração final da câmera do próximo topo de linha da Samsung. Ela aparece depois de outros detalhes que vazaram sobre seu tamanho e, possivelmente, um novo padrão de nomes para coincidir com a nova década.

Uma matéria anterior da Bloomberg já apontava para o número de câmeras traseiras do Galaxy S11. Seriam pelo menos quatro, incluindo uma nova câmera com zoom óptico de 5x e uma câmera 3D time-of-flight. Elas fariam companhia às lentes grande-angular e ultra-wide atualmente encontradas no Galaxy S10. Uma renderização feita por um fã e postada no mês passado manteve a ideia de uma possível quinta câmera, mas essa teoria parece ter sido descartada com as novas informações.

Em um post no Twitter na sexta-feira, Steve McFly, que é famoso por vazar informações da Samsung, compartilhou uma renderização atualizada do S11+ exibindo o que parecem ser quatro câmeras e o flash alinhado em duas colunas — presume-se que seja a configuração final. A versão anterior aparentemente tinha sido um “protótipo de primeiro estágio”, explicou ele.


E você achava que o design do iPhone 11 era um inferno para quem tem tripofobia. Aparentemente, a Samsung topou o desafio e dobrou a aposta.

Embora o design final ainda não tenha sido confirmado, essas características estão alinhadas com as divulgadas por Ice Universe, outra famosa fonte de informações internas da Samsung. Ele disse anteriormente que a configuração do Galaxy S11 não seria tão estranha quanto os rumores sugeriam. Quer dizer, ainda não parece haver uma maneira de evitar esse módulo de câmera retangular ridiculamente grande.

Quanto às dimensões gerais, os vazamentos anteriores diziam que as telas do Galaxy S11 vão variar de 6,4 polegadas a 6,9 polegadas. Caso isso seja verdade, o modelo menor terá o mesmo tamanho do S10+. Outro vazamento publicado esta semana mostra os protetores de tela da série, mas não inclui medidas exatas.

Colocando lado a lado, a maior diferença de tamanho parece ser entre o S11e e o S11 padrão. As películas protetoras também parecem confirmar que a Samsung diminuiu as bordas inferior e superior de seu carro-chefe a quase nada, além de incluir uma câmera frontal em um buraquinho centralizado na tela.

Novo nome?

E, finalmente, o Ice Universe divulgou outro boato sobre o sucessor do Galaxy S10. E se a Samsung meter o louco e mudar completamente o nome S11?

“O próximo ano é 2020, e 20 é um novo começo”, tuitou o informante enigmaticamente esta semana, ao lado do nome Galaxy S20.

Claro, é uma teoria bem doida. Até o Ice Universe parece contradizer isso nos posts seguintes, voltando à convenção de nomenclatura S11, mas até que essa ideia não chega a ser completamente infundada. Afinal, adotar uma convenção de nomenclatura que corresponda ao ano de lançamento indiscutivelmente simplifica as coisas.

Sem mencionar que saltar para 20 colocaria a série à frente do iPhone em termos de número de modelo. Não é exatamente uma vitória, mas pode valer pontos para os consumidores casuais, que não acompanham de perto o mercado. Não é como se a Samsung não tivesse feito isso antes com o Galaxy Note 7 (aquele mesmo que pegava fogo). A empresa foi do Note 5 direto para o 7 para evitar confusão com o modelo de topo de linha da empresa na época, o Galaxy S7.

Tudo isso é especulação até o lançamento oficial da Samsung, previsto para fevereiro ou início de março. Na ocasião, ele provavelmente estará ao lado do Galaxy Fold 2, ou qualquer que seja o nome que a Samsung dê para seu próximo celular dobrável.